Augusto – Christa Wolf

augusto christa wolf

 

A escritora alemã Christa Wolf (1929-2011) não é uma autora muito traduzida no Brasil, apesar de ser reconhecida como uma das grandes escritoras do idioma germânico. Após a Segunda Guerra Mundial, a cidade onde Wolf nasceu foi integrada à Polônia e a família teve que se mudar para a então Alemanha Oriental.

O socialismo, o comunismo, a polícia secreta e a espionagem compõem o ambiente de muitas de suas obras. Reflexões sobre Christa T., publicado em 1968, foi um dos livros mais criticados; é a história de uma mulher doente que reflete sobre suas convicções socialistas. Outras obras de maior destaque incluem Cassandra (1983) e Medea (1998).

Se a vida sob o socialismo serve como mote para muitas das obras de Wolf, Augusto é um livro que reflete sobre o pós-guerra. Augusto é uma criança internada num hospital improvisado em um castelo, logo após a Segunda Guerra. Órfão, ele desenvolve uma relação próxima com a enfermeira Lilo.

Augusto é uma novela curta (45 páginas), de leitura leve e rápida. Apesar do tema aparentemente triste, descobrimos que a vida de Augusto não foi apenas solidão e tristeza. Este clima de esperança em meio aos infortúnios talvez tenha relação com as circunstâncias com que a obra foi escrita. Augusto é o último livro escrito pela autora e um presente para o marido de Wolf.

A obra é narrada em terceira pessoa, mas sempre sob a perspectiva do olhar infantil, de uma criança fragilizada. Augusto tem uma certa semelhança com Macabéa, personagem criada por Clarice Lispector em A hora da estrela. Os dois personagens são ingênuos e viveram sofrimentos na infância. A única diferença é que Augusto foi poupado de algumas asperezas da vida e teve um final menos trágico.

Christa Wolf e Elena Ferrante

 

augusto christa wolf
Eu “conheci” Christa Wolf por “indicação” da escritora italiana Elena Ferrante. Em 2017, um jornal italiano apontou a tradutora Anita Raja como a pessoa por trás do pseudônimo Ferrante. As obras de Wolf foram traduzidas para o italiano por Anita Raja; há quem diga que há ecos da autora alemã nas obras da italiana. Se é verdade ou não, o que importa é ambas são uma ótima indicação de leitura.

Título: Augusto
Autora: Christa Wolf
Tradutor: Fernando Miranda
Editora: Jaguatirica

Um comentário sobre “Augusto – Christa Wolf

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s